Fotos: Luigi Bianco

O inverno ameaçou ir embora e voltou. Mas nada que nos desanime. Seja no frio ou embaixo do sol quente, nós continuamos explorando novos lugares da cidade. Dessa vez, um sebo de livros no centro de Birigui.

Vocês têm noção do que é aquele centro num sábado de manhã?! Mais uma vez, nossa “arte” foi incompreendida e algumas pessoas se incomodaram com a ‘moça’ aqui, parada no meio da multidão, em busca do melhor clique.rs Já tá virando marcação, hein! Mas somos brasileiros e não desistimos nunca, até que encontramos esse sebo e sua proprietária super gentil, que permitiu fazermos o ensaio, com muito XADREZ ENTRE LIVROS.

O lugar é cheio de personalidade! Lotado de achados (eu, como uma boa arquiteta que sou, fiquei atenta ao tema e garanti uma edição especial do Oscar Niemeyer da revista Arquitetura&Construção); os vinis são centenas, uma raridade atrás da outra; e o que dizer da coleção completa da enciclopédia Barsa (alunos dos anos 80 e 90 entenderão)…foi simplesmente o ‘Google’ de uma geração!rs

O ambiente dialogou perfeitamente com o look mais alternative rocker. A saia xadrez, plissada, foi emprestada do closet da mamma e usada com camiseta podrinha de banda, jaqueta de couro fake e camisa, também xadrez, amarrada na cintura. Sem falar da bolsa animal print e da bota em camurça. Os óculos listrados de preto e branco fizeram toda diferença e sempre deixam o conjunto mais ousado.

Agora, se não conhecem o Sebo Brasil, vale a pena a visita. Depois me contem se gostaram da experiência e desse post, combinado?!

Beijo, outro, tchau!

O QUE EU USEI:

Saia xadrez PRIMARK

Camiseta de banda vintage

Jaqueta de couro fake ZARA

Camisa xadrez ZARA

Bota de camurça LUIZA BARCELOS

Bracelete Garra NO SENSE STORE

Óculos (não me julguem)rs ZARA