“Seja sempre honesto consigo mesmo. Nunca proclame diante dos outros a sua honestidade, porque ela não é privilegio, mas uma obrigação moral e social.

Se for honesto consigo mesmo, forçosamente o será com os outros. A honestidade só para foro externo é hipocrisia, é falsa, é mentirosa, é desonesta.

Verdadeiramente honesto é aquele para o qual a honestidade é principio intrínseco de vida e não simples aparência.

Há honestos que o são de verdade. É pena que haja quem apenas só o queira parecer.”

texto: J.S. Nobre