“Faça tudo para que não lhe seja incômoda a felicidade alheia. Alegre-se sempre quando souber que uma pessoa é feliz. Deseje sinceramente que ela continue sendo. E se de você depender que alguém tenha felicidade, não regateie esforços no sentido de que isso aconteça.

Seja razão de felicidade para o seu semelhante. Aumente-a, se puder, mas, sobretudo, evite que diminua ou se desvaneça.

No dia em que cada um de nós construir razões para a felicidade do próximo, a partir desse dia o mundo será melhor.”

texto: J.S. Nobre