#INSTALOOK [DOESN’T MATTER IF IT’S BLACK OR WHITE]

BLACK OR WHITE ou os dois juntos, foi o que mais se viu nas últimas semanas no meu INSTAGRAM (segue lá @vivitpontes). E por que a gente gosta tanto dessa combinação de cores neutras?! Porque é uma mistura que não tem como dar errado. Duvida?! Olha só!

Look ‘diferentoso’ pra acompanhar minha nova flatform da Schultz para Pé&Forma: saia com babados e xadrez sobre xadrez. Quem encara?!rs

Mom jeans e camisetinha rocker pra começar com os básicos da semana. Nessa hora, o sapato faz toda diferença, como esse da Arezzo, metalizado AND Gucci inspired (que tá aqui, firme e forte toda semana…perceberam, né?!)rs

Essa seria a prova de que ‘menos é mais’?! O look mais simples, foi o mais descolado e queridinho da semana. Afinal, nada pode ser mais fácil que colocar uma camiseta e uma calça pretas. Mais uma vez, os acessórios é que vão fazer a diferença: um sapato legal, um colar ou pulseiras e pronto!

Ah, como eu adoro essa saia xadrez vichy! Por isso, ela voltou essa semana pra dar um ‘oi’, agora com camiseta branca com patch de lantejoulas de pipoca. Básico e bem-humorado. Pra deixar a produção um pouco mais ‘seria e adulta’, sapato estilo ‘grandma‘ (a.k.a. Chanel Slingback) prata da Arezzo.

Adoro esse macacão! Ele é bem decotado, não dá pra usar pra trabalhar…mas nada que uma camisetinha branca básica não resolva! Coloquei por baixo, aproveitando a onda anos 90 e pronto. Colar de pérolas e o sapatinho prata (que não sai dos pés) pra fechar o look. Ah! Um batom vinho também sempre ajuda (na produção e na autoestima!)rs 😉

Essa calça com estampa pied-de-poule, que você nem sente que está usando (parece propaganda de absorvente, mas não é!kkkk) com camisa jeans e flat de nozinho da Arezzo Birigui, é o que eu chamo de um verdadeiro comfy look. Batom alaranjado, que eu nem sei se tá ‘nas muóda’ do momento, mas adoro usar. Nada melhor pra começar a semana!

E aí, o que acharam do #INSTALOOK BLACK OR WHITE dessa semana?! Deixa um comentário aqui pra eu saber!

Beijo, outro, tchau!

#INSTALOOK [UM NOVO ANO COMEÇANDO]

UM NOVO ANO COMEÇANDO! Primeira semana pós-ferias é sempre boa. A volta ao trabalho, as ideias frescas na cabeça, inspiração a mil, 2016 ficou para trás. Por isso abusei dos looks ‘diferentosos’, se posso assim dizer, pra começar bem 2017. Olha só!

Eu adoro cortar roupas (já viram aqui, lembram?!), mudar o jeito de usar, dar outros usos à mesma peça. Esse ‘vestido’ da Forever21 era daqueles justinhos, tubinho, estilo Kim K. Usei algumas vezes, tentei, mas não me sinto muito bem com roupas tão justas e marcantes, dependendo da ocasião. Daí enjoei e passei a tesoura nas laterais e virou um camisetão com fendas. Pronto, adorei! Coloquei um short jeans por baixo e mule dourado da Arezzo Birigui nos pés. Mais minha cara (absolutamente desprovida de maquiagem), impossível!rs

Pra volta ao trabalho, em meio a um calor infernal, o combo Zara+Zara da saia e blusa, resolveu meu problema. Babado na saia pra dar um charme e ‘bruxinha’ vaporosa pra aguentar as altas temperaturas. Minha flat jeans com nó em cima da Arezzo Birigui, que já anda sozinha pela cidade, de tanto que uso ela. Batom M.A.C. Show Orchid, que é um pink levemente metalizado (meio anos 80 até!rs) e pulseira bordada, com pegada mexicana da Divinasse.

Adoro essa assimetria e adoro ainda mais listras. Por isso, misturei diferentes cores e sentidos: vertical com vermelho, preto e branco na camisa amarrada, vertical na parte de cima do vestido e horizontal na parte de baixo, ambas em azul e branco. Ainda tinha os óculos  (listrados também, claro) em p&b que deixou o look ainda mais divertido. Sandalia dourada com boquinha vermelha bordada da La Femme, pra não perder o bom humor! O colar de pérolas negras é vintage circa 1986, que meu pai trouxe de ‘Parrí’ pra minha mãe e eu me apossei há tempos (sorry, mama!).

Look ‘hey, sou moderna!’ pra uma quinta-feira de trabalho.Tirando os óculos Dior Mohotani (amo/sou), fui de Zara dos pés à cabeça. Camiseta com patches aplicados, saia floral (ambos antiguinhos, que eu adoro) e creeper nude, que eu usei pisando na parte de trás mesmo, estilo Céline.rs

Esse mix não ficou fofito?! Regata listrada (as listras sempre presentes) da C&A e saia da Farm, que tem uma estampa de mini-abacaxis estilizados, uma graça. Daí foi só misturar alguns colares: pérolas negras (do look anterior), coração turquesa e outro mais longo de pérolas também. O sapato mais confortável do mundo é da Arezzo, com aqueeela inspiração Gucci.

Look do fim de semana especial pra sair com amigos queridos! A saia de xadrez vichy é a queridinha da vez e combinei com uma blusa de tule nude, que deixa de ser sem graça com os patches e paetês aplicados. Tudo Zara! A regata no mesmo tom (Forever21) vem por baixo e pra fazer o ‘mix-nosso-de-cada-dia’, sandalias de oncinha da Arezzo Birigui. Bolsa Chanel, uma boa escova no cabelón e tô pronta pro sábado à noite!

Depois de seis looks bem diferentes entre si, não é possível que você não tenha se identificado com nenhum. Qual seu preferido, conta aqui nos comentarios pra mim!

Semana que vem tem mais, fiquem ligados!

Beijo, outro, tchau!

NOVA YORK DESCOMPLICADA: COMPRAS NA RICKY’S

NOVA YORK DESCOMPLICADA voltando essa semana pra falar de um assunto delicioso: COMPRAS! E não é qualquer compra, não, é na RICKY’S.

A loja tem tudo para cabelos, maquiagem, tranqueirinhas adoráveis e mil produtos baratinhos. Enfim, um centro consumista e ponto de encontro de brasileiros. Aliás, depois dos novaiorquinos, os brasileiros são os maiores compradores da loja (isso em tempos ‘pré-crise’)rs

Mesmo em novos (e difíceis) tempos como agora, onde o foco em compras não é o principal como antes, não podia deixar de passar na RICKY’S pra ver as novidades e reabastecer o estoque de produtos queridos. Aqui vão 5 itens da minha lista de compras!

  1. PALETA DE BLUSH MORPHE: Não conhecia essa marca (aliás, sou um ‘zero à esquerda’ no quesito maquiagem), até receber a dica da Débora do Belezei. A Morphe é americana e tem preços bem acessíveis, além produtos hipnotizantes…a gente vê e já quer comprar tudo! Essa paleta que comprei é bem neutra, tem 5 tons matte e 4 cintilantes, que eu uso tanto pra blush, quanto pra sombra e o efeito é lindo. Pigmentação master-blaster!
  2. MÁSCARA SILICON MIX: Esse não é novidade pra ninguém, mas é produto pra estocar, pra ‘guardar do lado esquerdo do peito’ mesmo! Relato pessoal: quando morei em Nova York, em 2013, cheguei com o cabelo em estado de calamidade, devido às luzes que passaram do ponto. Foi quando minha roomie, que sabe tudo de beleza, me indicou o produto. Eu fiquei desconfiada, como um produto de $9.99 poderia ser tão milagroso. E foi! Ressuscitou meu cabelo na primeira vez que usei. Pronto, foi o bastante pra ele entrar na lista dos queridinhos.
  3. ESCOVA TANGLE TEEZER: Confesso que ainda tô tentando entender o poder milagroso dessa escova. Não sei se meu cabelo é grosso e em grande quantidade e ela não dá conta, ou se o marketing sobre ela é muito forte. O que comprovei é que ela realmente massageia o couro cabeludo enquanto penteia, mas acho as cerdas um pouco frágeis, dá medo delas amassarem.rs Bom, vou continuar usando, já ela promete não quebrar o cabelo de jeito nenhum, desembaraçar suavemente e ainda distribuir bem a oleosidade pelos fios.
  4. SHAMPOO SILICON MIX BAMBÚ: Esse também não é novidade, mas nunca tinha testado e achei sensacional! Não sei se é efeito do shampoo ou coincidência, mas desde que comecei a usar, meu cabelo virou uma ‘tiririca’. Tá crescendo horrores e eu tô adorando! Além de ser super nutritivo, limpar bem (gosto de shampoo tipo detergente!rs), deixa um cheiro gostoso no cabelo. Não achei no site da RICKY’S, mas paguei em torno de $10. Tem no site da própria marca aqui no Brasil por R$47,20. Vale a pena!
  5. KIT DE PINCÉIS MORPHE: Essa compra era questão de necessidade. Acreditem se quiserem, mas nunca tinha comprado pincéis de maquiagem. Assim, um outro outro, bem basiquinho, da Natura e outro ‘filho único’ da MAC Duo Fiber. Só! Tomei coragem e encarei as 50 doletas por esse kit. São varias linhas, de diferentes valores e achei que compensava mais comprar o kit, que os pincéis individuais. Ainda tô com ‘dó’ de usar (nota-se pelo plástico em torno de alguns pincéis ainda, após 3 meses de adquiridos!), mas os que usei são óootimos e até já tirei do estojo pra poder usar todos. Valeu pela dica, @belezei!

A serie NOVA YORK DESCOMPLICADA volta em breve com mais compras e passeios na Big Apple. Espero que tenham gostado, anotem as dicas e, quando estiverem em NYC, não esqueçam de passar na RICKY’S, a Disneylândia da beleza.

Beijo, outro, tchau!

REFLEXÃO [VOCÊ É TEMPLO DE DEUS]

“Você é templo de Deus. Ele faz em você a sua morada.

Não se esqueça de que quando Deus pensou no ser humano, pensou-o como seu retrato vivo no tempo: ‘Façamos o homem à nossa imagem e semelhança’.

Sua alma é imortal e bafejada da eternidade de Deus. É isso que vale nos desígnios da redenção. Mas, esta alma anima e vivifica o corpo, do qual você tem obrigação de cuidar e respeitar, porque é nele o Espírito de Deus habita e, por meio você, se manifesta ao universo humano da seu relacionamento pessoal.”

texto: J.S. Nobre

#INSTALOOK [BEACH PLEASE!]

BEACH PLEASE! Tem coisa melhor que sair de ferias?! Descansar, pisar na areia, ouvir o barulhinho do mar, ler um livro às três da tarde, não saber que dia da semana é…o #INSTALOOK de hoje é inspirado em todas essas delicias da praia, bem relax. Olha só!

Tá aqui a prova de como esse vestidinho de R$29,90 pode ser versátil. Lembram que contei que comprei ele numa promo da Zara em Sorocaba?! Então, uso ele desde o escritorio até à praia! Isso que é custo-beneficio, hein. Gosto assim! Flat de nó jeans da Arezzo Birigui e chapéu Panamá da Club Blanc de Araçatuba.

Achei uma fofura essa saia assimétrica em xadrez Vichy nas araras da Zara e tive que levar pra casa (e pra praia). Camiseta básica branca podia deixar tudo simples demais, mas daí vem essa sandalia de boquinha da La Femme e PÁH! Trouxe todo humor que o look precisava, além de ser um conforto só. Aliás, me recuso a levar sandalia de salto pra praia, por isso abuso das flats mais diferentes e estilosas.

Saída de praia combinando com o biquini são lindas, mas não são o meu forte. Prefiro usar shorts, camisas e vestidos do meu dia-a-dia mesmo pra não correr de ter uma peça no meu armario, que passa a maior parte do ano sem ser usada. Nesse dia, fui de shortinho branco da Farm com camisa listrada da Zara, repetindo o combo flat de nó jeans+chapéu Panamá. Os óculos são Fendi para a Relojoaria Elite de Birigui, que eu quase não tiro nem pra dormi!rs

E foi assim que comecei o ano: inspirada na figura do beija-flor em mosaico que tinha na saída do nosso apartamento no Resort. Por incrível que pareça, esse look não tem nenhuma peça da Zara (como assim?!?!)rs Regata branca e saia plissada com estampa python são da Daslu e bem antiguinhas. Óculos ‘gatinho’ da Dior e sliders Adidas. Mais hi-lo, impossível!

IN DA HOUSE: APARTAMENTO PERSONALIZADO

Quem não gosta de exclusividade?! Até na moda existe a customização, que deixa alguma peça de roupa ou acessórios único, de um jeito que só você tem, por que na arquitetura seria diferente?! Só que aqui nós chamamos de PERSONALIZAÇÃO que além de atender especificamente as necessidades do cliente e sua família, torna o imóvel mais valorizado. E foi isso que meu sócio e eu, do STUDIO A+P (a.k.a. Vivian e Flavio), fizemos neste projeto: transformamos os desejos desses clientes em soluções espaciais interessantes, unindo o estilo urbano de um, com a busca por aconchego do outro, resultando em um apartamento contemporâneo, com espaços integrados, todo automatizado via celular, tablet e painel digital e ao mesmo tempo utilizando materiais naturais como couro, linho, madeira e muito verde.

Olha como ficou (modestia à parte) lindo! <3

fotos: Nick Dalla

No Living/Home Theater a iluminação tem que ser perfeita. Por isso, utilizamos luminárias no frame, essas sem borda no forro de gesso, que são mais modernas e clean, abajures e iluminação dimerizada, que mudam a intensidade de luz de acordo com a necessidade em todo ambiente.

Outro item importante levado em consideração é a acústica, que aqui foi tratada com placas específicas pra essa finalidade e que no final, compuseram super bem com a decoração. Além das cortinas de linho e tapete que também contribuem com a acústica do espaço.

E o que seria de um Home sem conforto?! Será que um sofá de 5m de comprimento e regulagem em todos os módulos ajuda?! Abso-f*-lutely!

O Lavabo pode não ser a estrela principal de um apartamento ou casa, mas com certeza é um show à parte, neste caso. Cuba e parede em Silestone e o restante todo revestido em espelhos. Até o teto! E por que não?!

Duas chaises em linho verde (olha o greenery aqui, gente!) ao mesmo tempo em que integram os ambientes, fazem a transição do living pra varanda.

Com a divisão entre sala e varanda eliminada, através da retirada das portas que dividiam esses ambientes, a sala de jantar foi parar na varanda, de onde se tem a vista pra cidade. O jardim vertical traz a natureza pra dentro do apartamento e emoldura a mesa de jantar, que acomoda até 12 pessoas nas cadeiras ‘The Chair’, de Hans Wegner.

A cozinha é um dos meus xodós nesse projeto. Ampla, moderna, com ilha central para cooktop e balcão de refeições. Com o acesso à área de serviço disfarçado por trás da cozinha, criamos um espaço muito mais interessante e funcional com a eliminação da porta que separava os dois ambientes.

A suíte do casal foi projetada com base em suítes de hoteis, com cabeceira em couro caramelo e painel em laca fendi. No banheiro, a bancada fica de frente pra quem entra e funciona como bimbo que protege a área de banho e banheira.

E pra finalizar, o hall de entrada exclusivo dos proprietarios, com porta de abrir e correr em lâmina de madeira louro pardo.

Faltaram só as fotos do “antes e depois”, que mostram a diferença gritante entre a planta original e a personalização que fizemos. É assim que se valoriza um imóvel: bons profissionais, cliente com a mente aberta e projeto inusitado.

REFLEXÃO [A ESSENCIA DO AMOR]

“Deus é a essencia do amor transformada em vida para cada um de nós e para cada ser vivo.

Foi João, o evangelista, quem procurou em duas palavras definir: ‘Deus é Amor’. Você já pensou em quanto vai o amor que Deus dispensa a cada um de nós? Ele nos ama tanto que se largou lá das distancias infinitas da eternidade e veio ser um dos nossos na terra, vivendo e morrendo aqui só para nos salvar, envolvendo-nos no ministério da redenção.

Deus é amor que vivifica e perdoa.”

texto: J.S. Nobre

#INSTALOOK [LAST LOOKS DE DEZEMBRO]

2016 já passou, mas o #INSTALOOK ainda tem produções do último mês do ano pra mostrar. Vem dar uma olhada aqui!

Vestido floral esvoaçante + camiseta básica por baixo, quem resiste?! E pra completar, tênis nos pés. Em plena casual friday, pode, né?!

Toda monocromática com pitadas de cores neutras na sandália branca, caramelo e dourada. Sou apaixonada por esse tom de verde <3

O que falar dessa saia?! Continua fazendo sucesso por onde passa. É daquelas peças que não vão sair tão cedo do meu armário. Pra completar o look não precisa muito…uma camiseta preta básica basta! Tá bom, tá bom. Um pouco de paetê nos pés não faz mal pra ninguém, nénão?!

Essa produção foi repetida várias vezes, aqui em Birigui, Araçatuba, Sorocaba, São Paulo. Ufa! Deixa ela descansar um pouco. Mas que ficou uma graça, ficou, não acham?!

Pro slip dress não ficar muito com cara de camisola (apesar de ser essa a intenção), é só amarrar uma camisa na cintura, compondo com a estampa do vestido, uma botinha nos pés e pronto! Menos girly e mais atitude!

Segunda etapa de looks, agora com meu ‘pretume’ na cabeça. E nos primeiros dias de cabelo escuro eu fiquei com vontade de usar cores mais neutras nas roupas e batom vermelho. Incrível como influenciou meu jeito de vestir. Esse dia foi o cúmulo do básico: saia jeans e camiseta branca, deixando o destaque só pro sapatinho ‘Gucci inspired‘ dourado.

Não sei vocês, mas eu AMEI esse look! Pantalona com camisetão por cima…já queria ter essa combinação em todas as cores, pra sair assim todo dia! #exagerada

Calça trazida de NY e usada à exaustão por lá e por aqui. O sapato da Arezzo é inspirado no modelo Slingback da Chanel, que você já nesse post. Jeans de mãe e sapatinho de avó, mas não é que deu certo?!

E pra finalizar, mais um look total white. Dessa vez, com saia midi toda vazada e camiseta. Batom escuro pra acender a produção!

Gostaram desses LAST LOOKS de dezembro?! Pra encerrar com chave de ouro, hein! Mas não acabou não. Semana que vem tem mais INSTALOOK, mostrando o que usei nas ferias na praia. Fica por aqui pra não perder!

Beijo, outro, tchau!

IN DA HOUSE: GREENERY

Hoje o IN DA HOUSE não vai mostrar a casa de nenhum famoso, mas vai te mostrar como deixar sua casa mais fresh com a cor do ano. Todo ano a Pantone anuncia a cor pro ano que se inicia e pra 2017 a escolhida foi o verde GREENERY, um tom ‘refrescante’, com cara de anos 90, que remete a ambientes mais praianos, talvez pelo lado ‘natureba’ da cor em sim, talvez pra nos lembrar de nos desconectarmos um pouco do mundo digital e trazer a natureza pra perto da gente.

Claro que não é uma cor tão versátil quanto foi o Rose Quartz de 2016 (ano que ganhou mais outra cor também, o Serenity), mas estranhamente, as duas cores ficam muito interessantes juntas e nem precisa ser fã da ‘Estação Primeira de Mangueira’ pra experimentar essa mistura.

Quer ver como usar o GREENERY na sua casa com muito estilo?! Então olha só as peças que separei.

Como o jornal New York Times publicou semana passada, GREENERY é a cor da esperança, que antecede a chegada da primavera (no hemisfério Norte). E segundo a diretora executiva da Pantone, Leatrice Eiseman, é isso mesmo. A cor de 2017 evoca as palavras com ‘re’: regenerar, refrescar, revitalizar e renovar, como a primavera inicia um novo ciclo para as plantas.

Já pra mim, a esperança é que 2017 seja mais tranquilo, menos estressante, com uma (ou duas) ferias e ambientes mais RElaxantes. Bem-vindo, GREENERY!

REFLEXÃO [PAI-NOSSO]

“O pai-nosso é a principal oração, talvez a única que condense toda uma teologia em sim mesma.

É uma oração perfeita, nascida do coração do Cristo. Nela, o Mestre coloca em nossos lábios o evangelho da caridade. ‘Perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós temos perdoado aos nossos devedores’.
Nestas palavras está o verdadeiro espírito da caridade fraterna, cuja conclusão é clara – não haverá o perdão para os nossos erros se, antes, não tivermos tido a nobreza de perdoar aos que erraram contra nós.
É uma condição que nós mesmos colocamos quando rezamos. Quem não é capaz de perdoar, não merecerá ser perdoado.”
texto: J.S. Nobre