MUSEUS pra todos os gostos (e bolsos) não faltam em Nova York. Sabia que você pode visitar dois museus por dia em NY, durante um ano todo e ainda não vai conhecer todos que a cidade oferece?! Pois é. E tem gente que acha que museu é chato, coisa de nerd, mas vou te mostrar alguns que visitei e outros que vão ficar pra próxima ida à Big Apple e espero que façam você mudar de ideia e incluir todos na sua lista de lugares a conhecer. Olha só!

vivitblog-post180-nova-york-descomplicada-metropolitan

The Metropolitan Museum of Art: começando pelos mais tradicionais, o MET, como é conhecido, fica na Quinta Avenida, sendo a única construção do Central Park, é um dos museus mais incríveis que você vai ver na vida. Não sei se posso falar que é mais interessante que o Louvre de Paris (eles têm a Monalisa <3), mas é mais diversificado e além do acervo que abrange 5 mil anos de historia, tem eventos especiais, exposições e restaurantes (adoro restaurantes de museus! O melhor que fui até hoje, foi o do Museu da Acrópole em Atenas. Mas isso fica pra outro post). Não estranhe se ele estiver cheio. O MET é assim o ano todo, já que recebe 5 milhões de visitantes por ano. Só fecha às segundas-feiras, dia de Ação de Graças, Natal e Ano Novo. Pegue o mapa, se localize, marque as sessões que mais te interessam e bom passeio!

 

vivivtblog-posst180-nova-york-descomplicada-museu-de-historia-natural

American Museum of Natural History: um dos mais famosos do mundo e preferido das crianças. O AMNH é enorme e cheio de atrações com horários definidos para se assistir (pagos a parte), além da coleção de fósseis de dinossauros, coleções de arte de praticamente todos os povos da Terra, você ainda tem acesso ao planetário Rose Center for Earth and Space. Confesso não ser muito fã de “bichos empalhados”, mas as outras exposições do Museu de Historia Natural são lindíssimas, além da arquitetura do local e a lojinha de souvenirs da saída, o próprio percurso até o Theodore Roosevelt Park onde fica o museu, é lindo, subindo a avenida Central Park West até a rua 77th. Então já sabe, visita obrigatória quando em NY, hein!

 

vivitblog-post180-nova-york-descomplicada-guggenheim

Solomon R. Guggenheim Museum: aproveite a visita ao Museu de Historia Natural, cruze o Central Park a pé (com um sapato confortável, por favor e não como eu fiz!rs), vire à direita e você vai estar no MET. Suba pela Quinta Avenida até a rua 88th e você vai ter uma vista linda do Guggenheim. A primeira vez que vi essa construção foi emocionante, por ser uma obra de um dos mestres da arquitetura: Frank Lloyd Wright. Não pude subir a famosa rampa em espiral, porque estavam montando um exposição, mas o próprio projeto do museu já é uma atração, além de seu acervo incrível que inclui Picasso, Van Gogh, Kandinsky, Monet e outros nomes de peso da arte moderna e contemporânea. Esqueça os chaveiros e ímãs de geladeira…o Gugg, pros íntimos, tem uma lojinha cheia dos melhores souvenirs que você só vai encontrar lá (caros, porém únicos). Vale MUITO a pena fazer uma visita!

 

vivitblog-post180-nova-york-descomplicada-whitney

Whitney Museum of American Art: localizado entre o High Line e o Rio Hudson, na Gansevoort Street, já dá pra perceber que esse museu é o mais moderninho dos quatro até agora. No Whtiney você vai ver obras de mais de 3 mil artistas, de 1900 até hoje, entre eles O’Keefe, Warhol e Jeff Koons. O passeio começa pelo oitavo e último andar e você vai descendo por escadas externas, com direito a galerias e vistas lindas da cidade. Um bom programa é unir a visita ao Whtiney a uma parada para um lanche (ou docinho, no meu caso) no Chelsea Market (que vai aparecer em outro post em breve por aqui) e finalizar com uma caminhada pelo High Line, de preferencia no pôr-do-sol. Quer mais o que?!rs

 

vivitblog-post180-nova-york-descomplicada-intrepid

Intrepid Sea, Air & Space Museum: e depois de tanto programa cult, era hora de fazer um agrado pro maridón. E o que homem mais gosta…navio? Sim. Avião? Sem dúvida. Ônibus Espacial? Claro! E o Intrepid consegue juntar tudo isso no mesmo museu. Imagina a felicidade da minha criança!rs Tenho que admitir que, até pra quem não liga muito pra essas coisas como eu, foi um passeio incrível, onde entramos pra conhecer um submarino da Guerra do Vietnã, andamos por um navio porta-aviões com mais de 10 aeronaves diferentes e vimos um protótipo da Enterprise. O museu fica no pier 86 do Rio Hudson, no final da 46th Street (rua do meu apartamento de 2013 e do Paramount Hotel, que estávamos hospedados). Já sabe, gostando ou não do assunto marinha-aeronáutica, não deixe de conhecer o Intrepid. É entretenimento garantido!

Um museu que pela quinta vez eu deixei de conhecer foi o MoMa, apesar de ter passado varias vezes perto dele, ali na 53th, entre a quinta e sexta avenida. Outro que vai ficar pra próxima vez, é o Museu Nacional do 11 de Setembro, mesmo tendo ido ao memorial, ao One World Trade Center e outros prédios do complexo, a fila de entrada pro museu era gigante todos os dias e horários e acabamos deixando passar. Mas é aquela velha historia de deixar sempre um ‘gostinho de quero mais’, né?! Nova York permite isso, não importa quantas vezes você a visite, sempre vão ter novidades pra conhecer e lugares pra voltar.

Lembrando que a maioria dos museus da cidade pede uma ‘doação sugerida’, ou seja, uma contribuição como pagamento para você entrar, por serem organizações sem fins lucrativos, onde o objetivo é proporcionar arte e cultura acessível a todos. Então por favor, não deixe de contribuir e seja generoso.

Gostaram das dicas?! Qual desses você vai incluir na lista da sua próxima viagem?! Espero que todos!

Beijo, outro, tchau!

 

fotos: arquivo pessoal